Reason and Feminine Sensitivity...

Oi todo mundo! Eu sei que estou ausente do blog esses dias e peço mil desculpas,acho que nunca fiquei tanto tempo sem postar outfits,depois eu explico os motivos.Hoje quero compartilhar algumas idéias.Desde o final do ano passado,tenho percebido em mim a suposta volta de uma doçura perdida no tempo,com pequenas atitudes minhas e algumas vontades,mas esses últimos dias em que fiquei mais introspectiva,acabei chegando a conclusão de que realmente estou voltando as minhas raízes mais adocicadas.Eu sempre fui a sensiblidade em pessoa,romântica,feminina e de uma fragilidade que só faltava quebrar como um cristal.Mas depois de muitas desilusões...e as muitas vezes que quebrei a cara,acho que acabei colocando esse meu lado doce lá no fundo de mim mesma e acabei me esquecendo de que feminilidade não é necessariamente fragilidade.Eu passei anos da minha minha vida em um relacionamento com um homem que resolvia tudo com o seu lado racional e prático de ser,e quando sem perceber eu já estava igual a ele,fria e calculista.Depois do fim dessa relação,escolhi ficar comigo mesma,e posso dizer que ainda estou me surpreendendo a cada dia,esse processo de "desintoxicação" para tirar todos os resquícios de outra pessoa,para voltarmos a nossa pureza,é demorado,isso explica porque não consigo acreditar em relacionamentos que começam logo após outro...é preciso tempo,mas as pessoas tem medo do poder do tempo.Uma parte de mim esquecida a tantos anos está de volta,e estou feliz com isso,agora aquela sensiblidade de outras épocas tem a força como aliada,uma força que eu consegui por causa de tudo o que já aconteceu comigo até agora.Se com o passar dos anos nós mulheres somos capazes de descobrir nossa força,somos também capazes de redescobrir nossa feminilidade.Ontem eu estava lendo uma matéria na Vogue Portugal de dois anos atrás,e nela dizia que todas as vezes que os designers tentam colocar o sonho,o romântismo e a feminilidade no mundo,essa idéia não é tão bem aceita pela maioria das mulheres,elas acham tudo lindo,mas não querem para a sua vida diária.Eu discordei na hora,pois sempre que vejo uma coleção adocicada,penso na criatividade do designer e no que ele espera mudar,mas na maioria das vezes não consegue.Essa matéria da Vogue me fez pensar,porque a mulher de hoje tem tanto medo de colocar o seu lado feminino para fora?? Eu confesso que isso me incluiria,mas não me inclui mais,pois estou resgatando o meu lado cor-de-rosa finalmente.Continuando com a Vogue...em resumo eles se pergutavam por que a mulher confunde feminilidade com ingênuidade?? Eu não entendo por que a maioria das mulheres pensam assim,mas tentei ver o lado dessa pesquisa e realmente eles estavam certos,as mulheres tem medo de sua própia doçura,é muito mais fácil mostrar o lado masculino do que o feminino.A nossa força já foi reconhecida,e com a Moda a nosso favor foi muito bem representada,ombros imponentes nos anos 80 para mostrar que podíamos fazer o que os homens fazem,a queima de sutiãs,espartilhos deixados de lado para dar liberdade ao corpo,atitudes rocker,botas até as coxas para mostrar nosso lado heroína,a sensualidade já chegou ao seu ápice também quando lembramos das pin-ups símbolo de sedução com classe e uma ingênuidade quase proposital...tudo isso é muito feminino,mas ainda não é essa feminilidade que conseguiu penetrar no universo tão complexo de nós mulheres.Eu por exemplo sempre achei a cor rosa e vermelho as mais femininas que existe e duas das minhas cores favoritas,mas a uns quatro anos parei de usar roupas rosa,e nos útlimos dois anos tenho usado muito vermelho,a matemática é simples-o vermelho mostra poder,ousadia,ele chega e não pede licença.O rosa é tão doce que dá medo,por isso eu o evitava...eu estava com medo da meu lado mais meigo,sonhador e sensível,mas descobri que nem por isso frágil ou sem força.Estou amando essa volta no novo romantismo dentro de mim.Eu não sei o caminho da Moda atual,pois sempre há um consciente coletivo nisso tudo,mas pela coleção da Miu Miu Resort e Louis Vuitton,há novamente uma mulher com cara e cabelos de princesa querendo reaparecer.A força sempre vai existir dentro da mulher,somos fortes por natureza,pense em Madame Bovary ou na mulheres românticas de Jane Austen uma das minhas escritoras favoritas...as mulheres são femininas em suas roupas,mas com o coração de um cavalo selvagem - livre por natureza.A muito o que refletir sobre a questão da feminilidade e do romantismo,e como todo comportamento é Moda,essa Moda doce e feminina só será absorvida pela maioria das mulheres principalmente as mais urbanas,quando elas se sentirem assim.E eu volto na questão do Amor,as vezes uma desilusão amorosa nos transformam em abóboras como em um conto de fadas que o final não foi perfeito,e nos fechamos...isso reflete em nossas atitudes e consequentemente nas roupas.Para finalizar,as roupas maravilhosas que mais parecem um sonho só vão conquistar em definitivo as mulheres,quando elas se permitirem sonhar de novo...com uma vida mais calma,com um amor verdadeiro,com a verdadeira beleza das coisas,com a maternidade,com tudo o que faz de uma mulher - mulher!!

Beijo e ótimo fim de semana para todos.


   Due Innamorati Come Noi - Laura Pausini

Follow Maison de Milla

Comentários

  1. everyone seems to have their own personal definition of what is masculine, & feminine. i like your collection of pretty photos mileide! :)

    ResponderExcluir
  2. I love this inspiration board!

    pepperandchips.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Lovely inspiration board, such beautiful shots!

    xo gillie

    ResponderExcluir
  4. Beautiful! :)
    http://liberty-walk-sara.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. well I don't know portuguese but honestly I was admirin' by your collages here;)
    great photos

    http://helendushko.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário